O que é Jailbreak?


Talvez seja um termo muito comum para aqueles que são familiarizados com os produtos Apple, para aqueles que têm pouco conhecimento relacionado as funções dos iPhones e iPods pode vir a ser um transtorno. Descubra aqui na ITUTIL sobre o processo conhecido como Jailbreak!


Jailbreak, é um método desenvolvido por hackers para "liberar" o iPhone e outros produtos Apple, permitindo que o usuário instale aplicativos não oficiais. Esse método tem sido comum e usado até hoje.



O primeiro iPhone, lançado em 2007, gerou muitas reclamações dos usuários, por não permitir a instalação de aplicativos além dos dezesseis que vinham pré-instalados ou personalizar o sistema operacional do aparelho. O iPhone era vendido com o bloqueio da operadora AT&T e não poderia ser usado com chip de nenhuma outra.


Dessa forma um garoto chamado George Hotz desenvolveu o procedimento pela primeira vez. A partir desse momento surgiram diversos grupos de hackers que se empenham em descobrir as falhas do sistema iOS. 
Um dos principais grupos de hackers a desenvolver um método de Jailbreak é o Dev-Team. O grupo oferece o produto gratuitamente e busca não alterar nenhum código da Apple, pois é um grupo contra a pirataria.
Para o usuário, muito mais importante que o jailbreak é a instalação do Cydia, uma central de aplicativos não oficiais, que faz uso das liberações da pasta raiz para oferecer funções que apps da App Store não poderiam trazer devido às limitações impostas pela fabricante. 


Em 2009 a Apple veio ao publico pela primeira vez anunciando que Jailbreak é sim uma prática ilegal, a fabricante alega que o procedimento viola os direitos intelectuais do autor do sistema operacional, além de ter alguma possibilidade de danificar o aparelho.
Contra a fabricante e a favor do procedimento a Eletronic Frontier Foundation (EFF), uma organização norte-americana que defende o direito à liberdade de expressão e as liberdades civis dentro do mundo digital. O grupo afirma que se o usuário modifica o seu aparelho, não há nenhuma ação ilegal, pois o aparelho pertence a quem o comprou.



Como a Apple ainda disputa ainda para tirar o Jailbreak de cena, a cada nova versão os hackers tem de trabalhar para encontrar novas formas de garantir o desbloqueio. Assim os usuários devem estar atentos, pois a criação do Jailbreak pode levar alguns dias até que ferramentas de Jailbreak atualizadas sejam liberadas, mesmo o  Jailbreak não estando definido perante a lei, não há dúvidas de que se o usuário conseguir utilizar o dispositivo sem desbloqueá-lo, terá um desempenho melhor.


Tipos de Jailbreak

Apesar de buscarem basicamente a mesma finalidade, existem atualmente dois diferentes tipos de Jailbreak.

Tethered: Nesse tipo de Jailbreak, o aparelho não poderá ser reiniciado ou desligado. Caso isso aconteça, será necessário refazer todo o processo mais uma vez.

Untethered:  O jailbreak unthetered permanece ativo no iPhone mesmo que você o desligue ou o reinicie, este processo é considerado mais estável e prático,

Ambos os procedimentos necessitam de um computador próximo para que o sistema seja reiniciado. 


Além de permitir o desbloqueio dos aparelhos para ser usado em outros países e com outras operadoras, através do Jailbreak é possível habilitar funções, como gravação de vídeo, utilizar mais de um aplicativo ao mesmo tempo, personalizar o tema do sistema operacional ou mandar mensagens multimídia.
Portanto, o que o Jailbreak faz é dar autonomia ao usuário de personalizar o dispositivo como bem entender.

Curtiu? Clique em curtir aqui em baixo! Tem dúvidas? Deixe seu comentário ou clique no botão dúvidas na barra azul no topo do site!

Comente com o Facebook: