DM 10 - O que é Android?


Mais de 1 milhão e 500 mil aparelhos com Android são ativados todos os dias em conjunto com mais de 300 operadoras em 169 países. Mas o que é Android?

               

O Android é um SO (Sistema Operacional) desenvolvido para dispositivos móveis (Smartphones, tablets, Notebooks), criado pela OHA - Open Handset Alliance, uma aliança de diversas empresas entre elas  estão HTC, Dell, Intel, Motorola, Qualcomm, Texas Instruments, Samsung, LG, T-Mobile e Nvidia, lideradas pela Google.


Hoje o Android é o SO para dispositivo móvel mais usado no mundo.
Em 2013 o Android estava presente em quatro de cada cinco smartphones, possuindo 81% do mercado, o que equivale a mais de 1 Bilhão de aparelhos.


O Android está disponível como código aberto desde 21 Outubro de 2008.
Dessa forma qualquer pessoa pode ter acesso ao código de desenvolvimento do Android e desenvolver um aplicativo (APP) para ele. No entanto depende de uma autorização do próprio Google.


Assim hoje temos mais de 700 mil de aplicativos para Android disponível no Google Play (loja de aplicativos do Google) com diversas funções.
Com um aparelho Android você pode fazer pesquisas no Google de onde você estiver, navegar rapidamente em seu telefone ou tablet com o Google Chrome.  Nunca mais se perca utilizando a navegação GPS com o Google Maps. Veja vídeos no YouTube onde e quando desejar. O Gmail oferece e-mail inteligente, integrado aos contatos e aplicativos de seu telefone ou tablet Android. 


Hoje os dispositivos com Android estão disponíveis em todos os tamanhos, com todos os tipos de recursos e em todas as faixas de preço.

Versões

Hoje existem onze versões do Android desde seu lançamento. Com o passar dos anos ele vem evoluindo, corrigindo erros e adicionando novas funcionalidades que fazem do Android único.


Os nomes das versões do Android seguem ordem alfabética e a partir da terceira versão possuem nomes de sobremesas ou doces.



Android 1.0 - Alpha



A primeira versão do Android foi lançada em 23 de setembro de 2008. Já possuía aplicativos do Google e vários outros recursos básicos, mas que na época eram inovadores, como um Media Player, navegador e suporte a Wi-Fi e Bluetooth.


Ele já tinha acesso ao Android Market, que mais tarde se tornaria o Google Play, para download de aplicativos.

Android 1.1 - Beta

A primeira atualização do Android foi lançada em 9 de fevereiro de 2009. Foram corrigidas falhas e bugs da versão 1.0, mas não trouxe grandes inovações. 


Entre as novidades, estão o detalhamento e exibição de comentários de locais quando o usuário faz uma busca no Google Maps e melhorias na interface para realizar chamadas.

Android 1.5 - Cupcake




Foi a primeira versão do Android a receber um apelido de sobremesa. Lançada em 27 de abril de 2009, esta versão teve a inclusão dos Widgets. Os Widgets são pequenos aplicativos que flutuam pela tela e fornecem funcionalidades específicas ao usuário (previsão do tempo, cotação de moedas, relógio,...), que até hoje são marca registrada do Android. 




Além dos Widgets a versão Cupcake também trouce gravação e reprodução de vídeos em formato MPEG-4 e 3GP, transições de telas animadas e melhorias no teclado, que passou a funcionar com o celular na vertical e horizontal, suportar palavras criadas pelo usuário e permitir instalação de teclados desenvolvidos por terceiros.

Android 1.6 – Donut


A versão 1.6 do Android foi lançada em 15 de setembro de 2009 e trouxe suporte à resolução 800x480 e a inclusão de uma caixa de buscas já na tela inicial, para facilitar pesquisas internas e na web. Outra novidade são as melhorias em acessibilidade e a inclusão de um sistema de voz.


essa versão também trouxe mais facilidade de uso para o Google Play, possibilitando a inclusão de imagens dos aplicativos.

Android 2.0 a 2.1 - Eclair


O Android 2.0 foi lançada em 26 de outubro de 2009 e marcou a primeira atualização radical do sistema operacional móvel do Google. Trouxe uma nova interface, maior velocidade e suporte a novas tecnologias web.


O sistema ainda apresentou a possibilidade de inclusão de várias contas no aparelho, para sincronização de contatos de várias fontes diferentes, além de trazer novos aplicativos.

Android 2.2 a 2.2.3 Froyo


Lançada em 10 de maio de 2010 esta versão do Android foi marcada por várias novidades que eram invisíveis ao usuário comum, como melhorias de velocidade, memória e desempenho. 


Também trouxe a possibilidade de transformar o celular em um hotspot Wi-Fi (antena de sinal WIFI) e instalação de aplicativos em cartões de memória removíveis, atualização automática de aplicativos e suporte ao Adobe Flash.



Android 2.3 a 2.3.7 - Gingerbread




O Gingerbread foi a versão mais popular do Android, presente até hoje nos dispositivos mais baratos. Foi lançada em 6 de dezembro de 2010 e trouxe interface renovada e simplificada e suporte a resolução HD e tecnologia NFC (Near Field Communication), que é um sistema de transmissão de dados sem fio, sensores de movimento para jogos, chamadas por VOIP.


Também passou a ter suporte nativo a sensores como barômetro e giroscópio e a aceitar múltiplas câmeras em um mesmo dispositivo. Assim, as câmeras frontais passam a se popularizar.
Nessa versão, os celulares com Android ganharam muita estabilidade, além de ter ótima compatibilidade com os aplicativos.



Android 3.0 a 3.2 - Honeycomb




O único sistema operacional desenvolvido para tablets, lançado em 22 de fevereiro de 2011. Sua nova interface “holográfica” foi melhorada para este tipo de dispositivo. Ele trouxe melhorias de câmera capacidade para processadores com múltiplos núcleos. A navegação na internet também foi melhorada, com a novidade do modo “anônimo”.



A maioria das Smart TVs com o sistema Google TV utilizava uma versão modificada do Honeycomb 3.2.



Android 4.0 a 4.0.4 - Ice Cream Sandwich



Lançado em 19 de outubro de 2011, o Android 4.0 trouxe para os smartphones os botões virtuais disponíveis nos tablets com Honeycomb. Dessa forma não existe mais a necessidade de teclas físicas nos dispositivos. Outra funcionalidade é o Android Beam, que permitia o envio rápido de arquivos por meio de NFC.


O Android Ice Cream Sandwich também incluiu a possibilidade de acessar aplicativos diretamente da tela de bloqueio e desbloqueio por meio de reconhecimento facial, um editor de fotos, o Google Chrome também passou a aceitar navegação em abas (até 16 abas simultâneas), além disso, é claro, de inúmeras alterações que tornaram o Android ainda mais eficiente e mais rápido.



Android 4.1 a 4.3 - Jelly Bean




O Android Jelly Bean foi lançado em 9 de julho de 2012 e trouxe uma interface inovadora e mais elegante, também trouxe o suporte ao Android Beam via Bluetooth.
Outras novidades são a tecnologia Photo Sphere, para produção de imagens em 360º, a possibilidade de realizar gestos na tela de bloqueio para acessar rapidamente a câmera do celular, consumo ainda menor da bateria, você também pode redimensionar o tamanho dos ícones dos apps e organizar melhor sua tela.


Mas a maior vantagem, no entanto, são os perfis fechados: além do aparelho poder ter várias contas, cada conta tem suas configurações e aplicativos próprios. Assim você pode limitar o acesso de uma conta a alguns recursos. Isso pode ser bem útil para pais que compartilham o celular com seus filhos para eles jogarem. Nessa versão do Android, o pai pode bloquear compras no Google Play, por exemplo.

Android 4.4 - Kit Kat


Esta versão do Android foi uma grande novidade ao usar no seu nome o Kit Kat, chocolate da marca Nestlé. A parceria do Google com a Nestlé, nos trás uma versão do Android com várias novidades.
Além da melhoria de desempenho nesta versão do Android quando um número desconhecido liga para o seu smartphone, o aplicativo do telefone procura de quem é o número no Google, pois pode ser o número de alguma loja ou restaurante, por exemplo. Outra novidade do Android 4.4 Kit Kat é a integração do aplicativo Hangouts com mensagens de texto SMS. Assim você pode visualizar as mensagens pelo aplicativo.


Os celulares com Android desta versão também vem com a tecnologia Google Cloud Print, que possibilita se conectar a impressoras compatíveis (via Wi-Fi) e imprimir alguns documentos, como fotos tiradas do seu celular.
Você também não precisa tocar na tela de seu aparelho para fazer algumas coisas. Na tela inicial basta dizer "Ok Google" para iniciar a pesquisa de voz, enviar um texto, obter direções ou mesmo tocar uma música.


O Android realmente vem dominando o mundo. Sua presença no mundo dos dispositivos móveis influenciou toda uma geração. Disponibilizando diversos aplicativos o Android vem ajudando e facilitando o nosso dia-a-dia mostrando que a tecnologia foi feita para nos ajudar em todos os momentos.



Curtiu? Tem alguma duvida? Deixe seu comentário!!!


Comente com o Facebook: